Pai e mãe: Compreendendo o passado através da Constelação Familiar

Você sabia que o passado do Nosso pai e mãe podem dizer muito no que diz respeito à nossa formação? Isso porque o reflexo do que eles já viveram, pode fazer com que vivamos da mesma maneira.

Por isso, neste texto, tentei explicar um pouco do passado dos meus pais pais, para que você possa entender como isso influenciou na minha vida. Continue lendo e descubra tudo à respeito!

Constelação e Família

Antes de entender como o passado do nosso pai e mãe pode influenciar em nossas vidas, é importante primeiro entender como a Constelação enxerga a nossa família.

As Constelações Familiares estão focadas nos sistemas das famílias, dos vínculos que se formam  com intuito de ajudar nas relações , comportamentos dos mesmos e na qualidade de vida.

Os conflitos e emaranhados das famílias  trazem desequilíbrios e geram sofrimento e as vezes demoram para serem compreendidos. Esses conflitos só são solucionados quando os membros se permitem, buscam e aceitam ajuda para compreender os fatos que desencadearam. É exatamente aí que entra a Constelação Familiar.

História do meu Pai e Mãe

Meus pais foram funcionários públicos.Tiveram 6 filhos 4 meninos e 2 meninas.

História do meu Pai

Meu pai nasceu do terceiro casamento do meu avô, tendo outros 5 irmãos, onde um cometeu suicídio|.

Ele era de uma família pobre porém honrada e honesta. Sofria do estômago e morreu cedo (36 anos). Era um homem inteligente e ótimo profissional, foi um pai sério, respeitoso e atencioso com minha mãe e conosco (filhos).

História da Minha Mãe

Minha mãe é de uma família de italianos, teve 7 irmãos.  Foi criada pela avó até os 7 anos e depois pela tia e o esposo  militar. Era muito educada, mas contida nas emoções.

Ficou viúva cedo e se fechou um pouco para a vida. Ela ajudava muito os necessitados com roupas e alimentos. Nunca mais casou, criou nós seis. Teve 9 irmãs, onde duas eram gêmeas e uma morreu logo ao nascer.

O que Acho do Meu Pai e Mãe Após a Constelação

Observei que comecei a olhar meu pai e mãe com outros olhos. Tudo o que se passou na vida deles, com os pais deles e também com relação a nós seus filhos.

Assim, compreendi que meu pai era sério por causa das preocupações, mas era um bom pai. Ele era atencioso e respeitoso e além disso, tinha muito carinho por nós, embora não demonstrasse.

Parece que clareou na minha mente, o fato de meu pai e mãe terem certas atitudes. Como por exemplo o comportamentos da minha mãe que, muitas vezes foi rígida, colocando cuidados que na época achava excessivo. Mas que hoje compreendo que era puro cuidado zelo e amor.

Ela não demonstrava muito suas emoções, mas era firme no sim e no não. Minha mãe passou valores e exemplos de um caráter firme e inquebrantável.

Sendo assim, devo a meu pai e mãe tudo o que sou hoje. Compreendi porque minha mãe estava sempre com minha irmã e pouco comigo. Eu discordava de muitas coisa.

As vezes eu ficava pensando que ela não me amava como amava minha irmã, mas eu estava enganada. Vejo que ela estava certa em muitas coisa que me ensinou e que graças a isto, me tornei um ser mais pé no chão e consciente das coisas da vida.

Sentimentos e Emoções que Tive por meu Pai e mãe com a Constelação

  • Muita gratidão;
  • Muito carinho;
  • Perdão;
  • Calor no coração por ser filha deles.

Foi como se um véu que cobria tudo isso fosse retirado , eu compreendi e continuo olhando para tudo como se fosse novo, uma história reescrita com tinta de vida real que o inconsciente trouxe.

Fiquei me sentindo anteriormente gratificada. Com alívio de uma alma que ficou leve. Enxergo meu pai e mãe como seres humanos e aceito sem julgar suas vidas e como nos criaram. Eles fizeram o seu melhor.

Para mim mesma fica um sentimento de ternura, lágrima nos olhos por poder compreender cada gesto e atitude de minha mãe e saber que por sua vez, ela também não recebeu carinho de quem a criou. Pois teve uma educação muito rígida compreensível para aquela.

Conclusão tirada Disso Tudo

Hoje eu entendo o lado feminino que vem aos poucos desfazendo os emaranhados e mostrando o que realmente importa nos relacionamentos. O AMOR!

Para meus pais e ancestrais, obrigada por proporcionarem um futuro e permitirem que eu nascesse. A meus pais, tomei a vida e sigo os ensinamentos.

Benção mãe minha vida! Benção pai meu Mundo! Gostaria de ter a sabedoria que tenho hoje , honrar meus pais para mim é honrar todo meu clã!

Texto escrito por Maria Teresa Alvarenga Gonçalves, Aluna do Curso de Constelação Clínica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *