O propósito da vida: como encontrar?

propósito de vida

Quando falamos sobre propósito de vida: Você tem coragem para assumir o que quer?

Essa pergunta está diretamente relacionada ao seu propósito e o preço que estamos dispostos a pagar para assumir as nossas escolhas.

Quando penso em propósito penso na escolha que faz o seu coração vibrar mais do que qualquer coisa.

Aquilo que você faria de graça todos os dias e se sentiria grato por isso.

 

A relação com o trabalho

A atividade deixa de ser penosa e perde o status de trabalho e passa ser uma hobby.

Faça o que você ama e não trabalhará um único dia da sua vida, já ouviu uma citação parecida com essa?

Tudo bem, sabemos que devemos escolher uma atividade que tenha haver como nossos gostos e não com as expectativas dos nossos pais ou responsáveis pela nossa criação.

Porém como saber o que faz o coração vibrar?

 

A nossa essência

Primeiro passo pense, converse e pesquise quais as brincadeiras você gostava na sua infância. Quais as matérias preferidas na escola.

Quais eram os seus hobbys e gostos.

Muitas vezes na hora de escolher nosso futuro excluímos nossa essência, pois acreditamos que faz parte da nossa criança e que ela ficou para traz.

 

Satisfazendo nossas necessidades

Porém na nossa infância na grande maioria das vezes escolhemos não com o objetivo de agradar os outros escolhemos afim de satisfazer as nossas necessidades e gostos.

Afinal sempre vamos nos colocar em primeiro lugar a criança se sente o centro do mundo e portanto vai se privilegiar.

 

A infância

Então retorne a sua infância, por mais dura que ela possa ter sido ou infeliz as respostas estarão lá.

Entender o que o “eu” criança queria e abraça-lo tem importância para que o “eu” adulto se sinta realizado e alcance seus objetivos com prazer e felicidade e não passe uma vida sento vitima do destino.

 

A ponte para o futuro

Depois de descobrir qual era a sua paixão desde sempre ou o que muitos chamam de talento perceba se você considera a ideia de fazer isso sem remuneração.

Chamamos isso de ponte para o futuro, ou seja, projete e veja se você vai estar feliz daqui a 1 ano, 5 anos, 10 anos, enfim o restante da sua vida.

 

O talento

Um equívoco ocorre aqui no seguinte sentido muitas vezes a criança gosta de dar aula e se forma para ser professora e quando começa a exercer a profissão fica frustrada, pois seguiu o seu talento e não funcionou.

Porém depois de um tempo ela decide ser palestrante ou treinadora em cursos específicos.

Percebeu a diferença e a semelhança.

Ensinar, ajudar o outro a compreender é o seu talento, porém a forma como ele se manifestou no primeiro momento não a deixou feliz e quando soube se adaptar encontrou o verdadeiro sentido.

 

Reflexão na crise para encontrar o propósito da vida

Então, principalmente nesse momento de pandemia, reflita sobre o seu talento e as suas escolhas.

E aproveite a oportunidade que a vida vem oferecendo para que você se reinvente. Use o tempo extra a seu favor.

Aprofunde o seus hobbys, venda cursos, consuma cursos. Independente da escolha permita-se viver um novo tempo.

 

Os planos

Faça do plano B o plano A e viva dele.

Muito possivelmente seus maiores e melhores sonhos estão guardados na gaveta esperando o momento em que você vai parar de inventar desculpas e coloca-lo em prática.

Minha pergunta é: o que de pior pode acontecer se você for aquilo que verdadeiramente nasceu para ser?

 

Coragem

Nunca gostei da palavra coragem quando não empregada em contextos corretos.

Coragem é a definição de “agir com o coração” e a empregamos equivocadamente em inúmeras situações.

Porém a primeira frase do texto usei a palavra coragem.

Você consegue agir com o seu coração e assumir o que se quer?

Veja como faz todo o sentido.

 

O real propósito

Na maioria das vezes esquecemos nosso real propósito de vida por não querermos colocar em jogo nosso lado emocional e ouvir o nosso coração.

Vivemos em um mundo de números, facilidades, opiniões e medos.

Queremos ser parte do meio em que vivemos.

 

O coletivo

Se minha turma de infância vai para a faculdade, eu também quero ir.

Não me importa o curso ou a instituição, quero também estar no curso superior e ter um diploma.

Não que esse diploma signifique algo no fim das contas, afinal, hoje em dia qualquer pessoa pode fazer um curso superior.

Porém aquelas que fazem sucesso são as que colocam a mão na massa e sentem o chamado do seu propósito.

Pessoas que estão prontas para abdicar da companhia de amigos, família e um lifestyle perfeito para fazer e acontecer.

 

Os planos: está procurando um propósito?

Se meus amigos vão fazer uma viagem para o exterior, eu também quero.

Afinal se envidar e criar contas que depois eu pago, mesmo sem saber como vou fazer, são um pedaço da vida, são planos para o meu crescimento que eu vou adiar para poder pertencer a um grupo ao qual me encaixo somente quando estou seguindo o efeito manada.

 

Entendendo o propósito da vida

Entender o seu propósito e saber a maneira que eu quero viver a minha vida em todos os sentidos.

Saber que vou criar a minha realidade sem me preocupar com o que os outros pensam de mim.

Entender que faço parte de um grupo e se ele não me aceitar existem mil outros que vão fazer com que eu cultive o pertencimento real.

Já falei de reinventar-se, de coragem e agora a disposição para pagar o preço que a vida vai cobrar.

 

O tempo no seu tempo

Ao contrário do filme “Click” não desejo adiantar o tempo para obter o sucesso.

O segredo e que quando eu abrir mão de estar com a minha família, amigos ou pessoas que importam eu perceba que essa atitude hoje pode me afastar, porém amanhã certamente vai me aproximar.

Afinal estamos criando nossa realidade futura não é mesmo?!

Nessa minha realidade vou incluir o tempo com essas pessoas, não com o objetivo de recuperar, e com a intenção de fazer o melhor tempo das nossas vidas.

 

Reinventar-se: procurando um propósito real

Reinventar-se criando a sua realidade.

Coragem para abrir mão do que não é necessário e para assumir as escolhas.

Disposição para pagar o preço que a vida vai cobrar e entender que como qualquer preço temos uma troca.

A escolha do que vamos fazer com o material trocado é nossa.

 

Esse texto sobre O propósito da vida foi criado por Ana Kassis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *