Propósito de vida: encontrando a resposta dentro de si

o que é propósito de vida significado

O tema “Propósito de Vida” sempre atraiu a minha atenção afinal, quem ainda não se questionou sobre o sentido da vida? Do porquê dessa existência.

Não tenho dúvidas que muitas pessoas se questionam a este respeito.

Esse é um momento muito oportuno para refletirmos sobre este tema tão profundo.

 

O que é propósito?

“Proposito é algo muito profundo e ao mesmo tempo simples”. Vamos imaginar que uma pessoa quer comprar uma furadeira.

  • Mas quem em sã consciência quer comprar uma furadeira, quando na realidade o que se quer fazer são furos na parede?
  • Mas quem em sã consciência quer fazer furos na parede, quando na realidade o que se quer é pendurar uma prateleira?
  • Mas quem em sã consciência quer uma prateleira na parede, quando na realidade o que se quer ter é um sentimento de organização?

Reflexões

Essa ilustração é bem interessante porque nos mostra que é o bem-estar gerado de poder olhar para a prateleira e ver as coisas muito bem organizadas.

Que nos faz comprar uma furadeira para fazer os furos na parede pra depois pendurar a prateleira e por fim colocar os livros e objetos bem organizados.

 

O propósito de vida

Então, podemos dizer que proposito é algo que está além daquilo que se faz. O propósito trás sentido ao coração da pessoa.

O propósito trás paz. Tem a ver com se sentir bem. Viver bem.

Muitos não percebem, mas os momentos de crise geralmente são um convite interno para se reinventar.

A coisa mais comum de se fazer é focar naquilo que está fora de nós mesmos. Porém com foco externo começamos a sentir um vazio dentro de nós porque a morada do proposito é no nosso interior, no coração.

Um olhar para dentro de si

Ao trazer o olhar para dentro de nós, podemos nos fazer a seguinte pergunta:

Quais as coisas internas que esse momento está me pedindo?

A resposta é que geralmente nesses momentos nos está sendo solicitado uma auto reflexão, um olhar para dentro de si mesmo.

 

A busca por respostas para o propósito de vida

E então, quando paramos e observamos a nós mesmos nos perguntamos:

  • Será que estou fazendo o que é certo para mim?
  • Será que estou cumprindo o meu propósito de vida?
  • Será que as coisas que estou fazendo como trabalhar, estudar, comer, eu as faço no piloto automático como se as estivesse fazendo sem dar a atenção devida?
  • Será que eu estou agindo como aquela pessoa que está vivendo o presente mas não estando no presente?

 

Os desconfortos no caminho

Ao começar a se questionar e refletir internamente, podemos enxergar melhor certas questões que estão nos causando desconforto, nos prejudicando psicologicamente e as vezes até fisicamente só que na correria do cotidiano não percebemos.

Quando começamos a olhar mais para nós mesmos começamos a perceber melhor essas questões que estavam escondidas por detrás da correria do dia a dia e assim começamos a cuidar mais de nós.

Mudanças que fazem sentido

E isso nos faz bem com certeza. Começamos a enxergar melhor e percebemos que devemos fazer mudanças, mudanças que são necessárias e que fazem sentido para nós.

Começamos a observar para observar e não para termos uma resposta sobre aquilo que estamos vendo.

Passamos a ouvir para escutar e não ouvir para debater, para responder. Muitos ficam esperando o propósito de suas vidas aparecer.

Mas na verdade, quanto mais eu persigo o meu propósito de vida, mas eu vou de encontro a ele.

Como fazer

Não é tão difícil. Basta silenciar a mente um pouco. Silenciar a mente é uma das ferramentas que podemos utilizar para perceber o propósito dentro de nós.

Quando olhamos a natureza, percebemos que nela tudo é orquestrado em uma harmonia bela e perfeita.

É como se existisse sobre ela uma força natural que permite que toda a natureza caminhe em perfeita sintonia.

Quando percebemos isso, podemos compreender que é possível silenciar um pouco a nossa mente, parar e respirar profundamente e assim perceber que há algo a mais que está cuidando de todo o externo.

 

O propósito de vida e a paz de espírito

Essa harmonia na natureza é tão brilhante que não há a necessidade por exemplo de se perguntar se o sol vai nascer amanhã.

Porque ele vai nascer amanhã. Então, a pergunta que se deveria fazer é: Como é que eu vou acordar amanhã?

É se importar em como se vai levantar amanhã. Se vai levantar tranquilo, na paz de espírito, seguindo o propósito de vida ou não.

A crise atual

Esse momento de crise e isolamento que estamos vivendo é muito propício para fazermos uma faxina.

Ou seja, ao invés de ficar olhando somente para fora para os noticiários, para toda essa crise no país e no mundo, coisa que a gente sozinho não tem como arrumar, podemos aproveitar essa oportunidade que o destino nos trouxe, para arrumar as coisas na nossa vida.

 

Mudanças para o propósito de vida já

Aproveitar para arrumar a nossa casa onde moramos.

Desapegar de coisas que não fazem mais sentido, jogar fora quinquilharias quebradas e velhas, doar ou vender coisas que não vamos precisar mais, sabendo sempre que essas coisas podem ser úteis para outras pessoas.

Fazer uma reforma no quarto ou em algum outro local da casa que está precisando enfim, fazer uma faxina. Sabendo que muitas vezes ao fazermos uma faxina externa, também limpamos o nosso interior.

Desapegar também de sentimentos que não fazem mais sentido, que machucam. E nesse movimento vamos nos mantendo mais no presente e assim vamos percebendo que o nosso melhor momento é o aqui e o agora.

Adaptações na crise

Podemos durante essa crise, criar uma rotina com coisas que nos fazem bem.

Se conseguirmos pelo menos separar quatro por cento do nosso tempo para nós mesmos será ótimo.

E nesses quatro por cento, focamos naquilo que nos faz bem, nunca nos esquecendo que aquilo que nos faz bem é o que nos realiza e é o que está sintonizado com o nosso propósito de vida.

 

Problema: não perceber o propósito de vida

A maioria das pessoas não percebe seu propósito de vida porque não conseguem fazer essa pausa, não conseguem dedicar pelo menos esses quatro por cento de tempo para olhar para dentro de si.

Mas quando elas começam a fazer isso, o propósito começa a brotar de dentro para fora.

Quantas pessoas são boas naquilo que fazem, mas não são felizes fazendo o que fazem.

O propósito de vida como chave para a felicidade

Quando encontramos o nosso propósito de vida passamos a ser felizes naquilo que fazemos. A pessoa conseguir reconhecer no que ela é boa é sem dúvida algo importante.

Porém, o primordial para se viver no propósito é conseguir reconhecer se realmente é feliz naquilo que se faz, naquilo que se é bom.

Nunca é tarde para achar seu propósito de vida

Então, tirar um tempo para olhar para dentro de si, começar a perceber aquilo que não te faz bem, jogar fora as quinquilharias, desapegar de tudo aquilo que não serve mais para você são maneiras de se ir de encontro ao propósito de vida.

Nunca é tarde para começar.

 

Esse texto sobre Propósito de vida: encontrando a resposta dentro de si foi criado por Valdeci Ribeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *