Comportamentos que criam um novo mundo

Uma visão do futuro  sobre os comportamentos pós pandemia Covid-19.

Temos várias questões que podem interferir nos comportamentos humano: questões climáticas, intervenção do homem na natureza, a internet e as relações humanas.

 

O momento atual

Todos nós temos convivido com a exploração do meio ambiente. Isso traz muitas exigências no dia a dia.

As pessoas querem cada vez mais:

  • o melhor carro, a melhor casa, a viagem mais incrível.

E hoje, em 2020,  a pandemia as convida a refletirem sobre suas as ações e a renascerem. A palavra ecologia traduz bem como podemos viver de maneira respeitável, primeiro conosco e depois com os outros.

 

O poder da cooperação na crise

Isso tudo tem a ver com energia feminina. Apesar de historicamente virmos de um poder masculino, de competitividade, cada ser humano tem poder masculino e feminino.

Na agricultura e na literatura, por exemplo, há predominância do poder feminino.

O pode da cooperação está surgindo no mundo pós Covid-19. A falta desse poder leva à pobreza, à miséria, à desigualdade social e à marginalização.

 

Novos comportamentos

Uma parcela da sociedade quer sustentabilidade, qualidade de vida e não quer ostentação.

A outra quer poder, bens materiais e a vaidade como linha de frente. Por meio do feminino consciente poderá ser feita a cura masculina.

Mesmo as pessoas tendo características diferentes como etnia, credo entre outras, podem ser cooperativas e olhar o outro com empatia.

 

Comportamentos do feminino

Para despertar esse feminino consciente, é preciso buscar o equilíbrio, uma nova ética e valorizar a energia feminina arquetípica.

A Criadora, A Energizadora, A Limitadora, A Protetora, A Iniciadora, A Desafiadora, A Libertadora, A Conectora, A Nutridora e A Potencializador.

Esse trabalho foi inspirado na obra: “A deusa em nós: dez maneiras de ser mulher, da Argentina Ethel Morgan.

 

A energia feminina em todos

Com essas energias trabalhadas, é possível desenvolver a energia feminina tanto no homem quanto na mulher.

É preciso estar bem equilibrado para poder cuidar do outro.

Com certeza tudo que a palestrante falou é bem pertinente, faz sentido.

As pessoas equilibradas emocionalmente conseguem levar a vida de uma maneira mais leve, mesmo diante do caos.

 

Os comportamentos machistas no mundo

Vivemos em um mundo extremamente machista e materialista em que a disputa de poder e vaidades tem gerado um desequilíbrio ecológico, ambiental e, consequentemente, emocional.

Países que são grandes potências mundiais, extremamente vaidosos, não querem perder o crescimento econômico.

Tudo é em nome do desenvolvimento. Mas não se preocupam com o desenvolvimento sustentável.

 

A nova guerra

Após duas guerras mundiais e uma guerra fria, estamos em meio uma outra guerra, onde o inimigo é invisível e avassalador: O Covid-19.

O sentimento de impotência está tomando conta, mesmo quando muitas pessoas lutam contra esse vírus nefasto.

Países estão vivendo na pele que toda essa disputa de poder será em vão.

Líderes poderosos contabilizam seus mortos. Nesse momento não há distinção de classe social. Qualquer um pode ficar doente.

 

A cooperação

O poder de cooperação está surgindo no mundo.

Os profissionais da saúde são os nossos maiores combatentes, mas em todo lugar percebe-se as pessoas se mobilizando para ajudar.

 

Novos momentos, novos comportamentos

Portanto, depois que tudo isso passar, nunca mais seremos os mesmos.

Cuidaremos melhor dos nossos idosos, valorizaremos mais os guerreiros da saúde, enobreceremos mais o professor e suas aulas presenciais e teremos mais empatia e resiliência.

 

 

Esse texto sobre Comportamentos pós pandemia foi criado por Denize Bragança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *